Associação

Notas informativas

Para consultar as notas informativas:

  • 01/12, referente às decisões tomadas em reunião da Comissão Executiva, no dia 21/04/2012;
  • 02/12, referente às decisões tomadas em reunião da FNAPLV no dia 16/06/2012.
  • 03/12, referente à Assembleia Geral do dia 23/06/2012.
  • 04/12, referente às decisões tomadas em reunião da Comissão Executiva, no dia 30/09/2012
  • 01/13, referente às decisões tomadas em reunião da Comissão Executiva, no dia 12/01/2013

Apresentação

A APPELE (Associação Portuguesa de Professores de Espanhol Língua Estrangeira) assume-se como um coletivo de professores de Espanhol organizados em torno das questões relacionadas com o ensino da língua espanhola e da cultura dos países hispanófonos.

Em conformidade com o contexto de mobilidade profissional (transfronteiriça) que cada vez mais se intensifica e com a particular situação de ensino do Espanhol em Portugal (proximidade geográfica com Espanha), afirmamo-nos como uma associação portuguesa e não como uma associação de professores portugueses, pelo que pretendemos integrar no nosso coletivo a sensibilidade particular dos professores espanhóis ou de outras nacionalidades, que em Portugal ensinam a sua língua materna, ou a sua segunda língua, como língua estrangeira (o caso dos professores oriundos dos territórios bilingues de Espanha e dos professores latino-americanos).

Independentemente da sua nacionalidade, todo e qualquer professor de Espanhol em Portugal tem um lugar na APPELE. Igual abrangência pretendemos que caracterize a nossa atuação nos diferentes contextos de ensino do Espanhol, uma vez que é nosso objetivo intervir em todas as dimensões de docência do Espanhol e da culturahispânica: ensino público (em todos os graus de ensino, desde o pré-escolar ao superior), particular e cooperativo.

A APPELE considerar-se-á tanto mais enriquecida quanto maior for a diversidade dos professores que a componham e que, a partir da especificidade da sua situação de ensino, da sua sensibilidade individual e das formas de participação escolhidas, contribuam para a qualidade da intervenção da APPELE.

Funcionamento

A APPELE rege-se pelos seus estatutos aprovados em Assembleia Geral de 8 de Maio de 2000, onde se define a sua estrutura orgânica como sendo formada por uma Direcção, um Conselho Fiscal e uma Mesa da Assembleia Geral.

Contudo, A APPELE, não pretende que as suas posições correspondam exclusivamente às posturas dos sócios que ocupam cargos diretivos. A associação não se resume nem se esgota nas estruturas de Direção e pretende, de acordo com o princípio de uma verdadeira representatividade, dar voz ao que são efectivamente os anseios e preocupações dos seus membros. Isso só acontecerá se a actuação da APPELE for o resultado de uma efetiva ligação aos sócios “de base” e da participação ativa dos mesmos.

Assim sendo, é da responsabilidade da Direção a criação de outros espaços mais flexíveis de auscultação e de intervenção dos sócios, onde estes possam participar, na medida do contributo que podem e desejam oferecer à APPELE.

Neste contexto, será da responsabilidade dos órgãos diretivos assegurar um funcionamento e uma representatividade eficazes, mas será também responsabilidade individual de cada sócio, através do seu envolvimento ativo, assegurar que isso acontece.

Estatutos

Para aceder aos estatutos aprovados em 08 de Maio de 2000 clique aqui.